Trump garante que os Estados Unidos vão tentar parar a caravana de migrantes

Nos siga noTelegram
Os EUA estão fazendo todo o possível para impedir que a caravana de quase 4 mil centro-americanos atravesse a fronteira sul do país, disse o presidente Donald Trump.

"Todos os esforços estão sendo feitos para evitar o ataque de estrangeiros ilegais em nossa fronteira sul", ele twittou.

Segundo o presidente dos EUA, os migrantes "devem primeiro pedir asilo no México e, se não o fizerem, os EUA vão rejeitá-los".

Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o líder norte-americano, Donald Trump - Sputnik Brasil
Erdogan e Trump discutem por telefone caso de jornalista saudita assassinado
Em um tweet posterior, Trump culpou o Partido Democrata por essa situação e defendeu a modificação da legislação de imigração.

"Caravanas são uma vergonha para o Partido Democrata, você tem que mudar as leis de imigração agora", escreveu ele.

A chamada Caravana Migrante iniciou sua marcha em 13 de outubro do norte de Honduras, um dia após o término de uma conferência regional em Washington dos países da América Central do chamado Triângulo Norte, convocada pelo México e pelos Estados Unidos.

Donald Trump exigiu que o México parasse com o avanço da onda de imigrantes e ameaçou enviar tropas para a fronteira sul e fechá-la.

Ao mesmo tempo, o Governo do México solicitou ao Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, a sua ajuda para processar pedidos de refugiados para entre 3.000 e 4.000 pessoas da caravana, através da aplicação do Protocolo de Cartagena e observação. do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала