Agências da ONU pedem fim dos 'testes de virgindade' para mulheres

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensBandeira da ONU
Bandeira da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Duas agências da ONU e a Organização Mundial da Saúde (OMS) fizeram um pedido público nesta quarta-feira (17) pelo fim dos testes ginecológicos para determinar a virgindade de mulheres.

A OMS, a ONU Mulheres e o escritório de Direitos Humanos da ONU afirmaram que os testes "clinicamente desnecessários" foram documentados em pelo menos 20 países em todo o mundo.

Mulher grávida (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Pelo direito de decidir: Por que ainda é tão difícil discutir aborto no Brasil?
As agências também afirmaram que as avaliações são feitas por médicos, policiais ou líderes comunitários. Elas são usadas para determinar a elegibilidade para o casamento ou a elegibilidade para empregos, e para avaliar a "virtude, honra ou valor social" de mulheres e meninas.

As agências disseram que o teste geralmente envolve inspecionar o hímen ou inserir os dedos na vagina. Segundo a OMS, "não há evidências de que um dos métodos possa provar se uma mulher ou uma menina teve ou não sexo vaginal".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала