Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Arábia Saudita se prepara para admitir a morte de Khashoggi, diz emissora de TV

Nos siga no
O governo da Arábia Saudita está se preparando para admitir que o jornalista Jamal Khashoggi morreu durante um interrogatório que "terminou mal", informou a rede de televisão norte-americana CNN.

Delegacia móvel da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Polícia investiga pichação nazista em igreja em Nova Friburgo (FOTO)
"A Arábia Saudita está se preparando para admitir que Khashoggi foi morto", disseram fontes do jornal, dizendo que a morte ocorreu por causa de um "interrogatório que terminou mal".

Khashoggi, colunista do jornal Washington Post, que vivia nos EUA desde 2017, foi dado como desaparecido em 2 de outubro.

O jornalista foi gravado por câmeras enquanto entrava no consulado saudita em Istambul.

De acordo com a sua parceira, uma cidadã turca com quem ele iria se casar, Khashoggi foi convidado para o consulado para obter os documentos necessários para seu casamento e ela ficou do lado de fora do prédio esperando por ele.

Depois de cinco horas, um dos funcionários do consulado disse à mulher que seu noivo já havia partido.

Riad diz que Khashoggi desapareceu depois de deixar o consulado e sua legação diplomática coopera com as autoridades turcas para esclarecer as circunstâncias do desaparecimento do jornalista; as câmeras de vigilância supostamente não funcionaram naquele dia.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала