Político israelense diz que incidente do Il-20 é 'teste à firmeza de relações' com Rússia

Nos siga noTelegram
O derrube na Síria do avião russo Il-20 da Força Aeroespacial foi um teste para avaliar a firmeza das relações entre a Rússia e Israel que os países poderão superar, declarou o ministro para Jerusalém e Assuntos da Diáspora de Israel, Zeev Elkin.

Ele deu a entender que o incidente trágico, cuja responsabilidade Moscou atribuiu a Israel, não afetou os preparativos e o trabalho da Comissão Intergovernamental Russo-Israelense que na terça-feira (9) realizou sua reunião anual em Jerusalém para discutir as principais direções da cooperação econômica e comercial.

Às perguntas dos jornalistas sobre o possível abalo nas relações russo-israelenses depois do incidente, Elkin respondeu: "Não, pelo contrário, isso obriga-nos a fazer tudo o que depender de nós para mostrar e refletir na realidade que as relações entre os nossos países são muito fortes e que ambos os lados estão interessados em desenvolvê-las".

Caça F-35 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Washington poderá fornecer mais caças F-35 a Israel para neutralizar S-300 na Síria
"É precisamente neste tipo de provas, quando surgem vários tipos de desentendimentos, que a relação é testada, que a sinceridade e abertura ao diálogo entre os líderes dos dois países são testadas. Estou confiante de que Israel e a Rússia passarão neste teste de firmeza das nossas relações", acrescentou.

Elkin acompanhou o copresidente russo da Comissão, o vice-premiê Maksim Akimov, em uma reunião na terça-feira (9) com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que mais uma vez expressou condolências pela morte dos 15 militares que se encontravam a bordo do Il-20.

O avião russo Il-20, que estava a 35 quilômetros da costa do Mediterrâneo, foi abatido em 17 de setembro quando retornava à base aérea de Hmeymim. Ao mesmo tempo, quatro caças israelenses F-16 atacaram alvos sírios em Latakia. Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, Israel notificou o lado russo sobre esse ataque aéreo apenas um minuto antes, omitindo a área atacada e não relatando a posição dos caças F-16. Como foi declarado pelo ministério, os caças israelenses ficaram encobertos pela aeronave russa e a colocaram sob ataque do sistema de defesa antiaérea da Síria. O Il-20 foi derrubado por um míssil S-200. Todos os 15 militares que estavam a bordo morreram.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала