- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro diz que quer conversar com Alvaro Dias, Daciolo e Amoêdo

© AP Photo / Silvia IzquierdoCandidato à presidência Jair Bolsonaro, 7 de outubro de 2018
Candidato à presidência Jair Bolsonaro, 7 de outubro de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta terça-feira (9) que deseja o apoio político dos candidatos do campo da direita derrotados no primeiro turno.

Bandeira do Brasil vista em 9 de junho de 2017 em Brasília - Sputnik Brasil
'Brasil está sob grave risco de um 2º golpe com estética militar', diz cientista política
Em vídeo gravado durante entrevista ao SBT e divulgado em seu perfil no Twitter, Bolsonaro disse que está pronto para conversar com Alvaro Dias, Cabo Daciolo e o João Amoêdo.

"Existem barulhos nesse sentido. Eu estou disposto a conversar com eles, são pessoas do bem. Logicamente no tocante ao centrão a maior parte dos parlamentares já estava comigo porque trabalhamos no varejo", afirmou.

O candidato alegou que apoios futuros não representarão concessão de espaço em seu governo.

"Não repartiremos estatais, diretorias de bancos e ministérios para conseguir apoio. Hoje temos ao todo 350 deputados federais que estão conosco pela governabilidade."

De acordo com Jair Bolsonaro, visitar a Região Nordeste do país está em seus planos de campanha para o segundo turno, caso receba a liberação médica.

"Ao voltar para as ruas não vou poder fazer o que fazia, como ser carregado nos braços, com milhares de pessoas me recebendo no aeroporto. [Mas] com toda certeza um carro de som se fará presente e darei meu recado a eles", afirmou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала