Índia não receia possíveis sanções dos EUA pela сompra de S-400 russos

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensO sistema de defesa antiaéreo russo S-400 Triumph
O sistema de defesa antiaéreo russo S-400 Triumph - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em 5 de outubro, Moscou e Nova Deli celebraram um contrato de venda de sistemas de defesa antiaérea S-400 no valor total de 5,43 bilhões de dólares (R$ 20,84 bilhões). O fornecimento de sistemas S-400 a Nova Deli deve começar em outubro de 2020.

O comandante do Exército indiano, general Bipin Rawat, revelou que seu país decidiu prosseguir uma política independente não obstante as possíveis sanções dos EUA por causa da compra dos sistemas de defesa antiaérea russa S-400.

"Quando os russos nos perguntaram sobre as sanções norte-americanas, minha resposta foi 'Sim, entendemos que podem ser adotadas sanções contra nós, mas seguimos uma política independente. Vocês podem ficar tranquilos. Embora possamos nos associar com os EUA para obter algumas tecnologias, seguimos uma política independente'", sublinhou Rawat.

Presidente russo, Vladimir Putin, e premiê indiano, Narendra Modi, se abraçam durante um encontro bilateral em Nova Deli, em 5 de outubro de 2018 - Sputnik Brasil
Rússia e Índia celebram acordo de entrega de 5 sistemas S-400 russos ao país
Ele acrescentou também que a Rússia está muito interessada em colaborar com o Exército da Índia, porque "somos um exército forte, capaz de defender o que é certo para nós".

O general declarou igualmente que as Forças Armadas da Índia estão considerando comprar helicópteros russos Kamov e outros sistemas de defesa russos.

Anteriormente, o porta-voz do chefe de Estado russo, Dmitry Peskov, confirmou a celebração do contrato longamente esperado de entrega de cinco sistemas de defesa antiaérea russos S-400 à Índia.

Os planos indianos provocam a preocupação de Washington, que até não exclui introduzir restrições contra Nova Deli, de acordo com a Lei de Contenção de Adversários dos Estados Unidos Através de Sanções (CAATSA, sigla em inglês), como aconteceu há pouco com a China.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала