Putin: tropas russas sairão da Síria se governo quiser

© Sputnik / Mikhail Klimentiev / Abrir o banco de imagensO presidente da Síria, Bashar Assad, conversa com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, em 20 de novembro de 2017
O presidente da Síria, Bashar Assad, conversa com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, em 20 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que as tropas de seu país deixarão a Síria quando a guerra terminar e Damasco pedir para que saiam do país.

Falando em uma conferência sobre energia em Moscou, Putin afirmou que todas as tropas estrangeiras devem deixar a Síria assim que acabarem as hostilidades. Perguntados se a Rússia gostaria de deixar o país também, Putin disse que a Rússia o faria caso isso fosse solicitado pelo governo da Síria.

Policiais investigando o caso do ex-espião russo Sergei Skripal, em Salisbury (Inglaterra), 13 de março de 2018 - Sputnik Brasil
Putin: Skripal é um canalha, quanto mais rápido campanha informacional terminar, melhor
O Kremlin critica o envolvimento do Exército dos EUA na Síria e aponta que a presença dos norte-americanos no território sírio não é autorizada pela ONU ou pelo próprio governo local.

A Rússia interveio na guerra da Síria em 2015 para dar suporte ao governo de seu aliado, o presidente Bashar Assad, e ajudou o governo sírio a retomar boa parte dos territórios que estavam sob comando de rebeldes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала