Como NASA buscará sinais de vida alienígena inteligente?

© Foto / Pixabay/ ComfreakVida alienígena (apresentação artística)
Vida alienígena (apresentação artística) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Entre os dias 26 e 28 de setembro em Houston, no estado norte-americano do Texas, foi realizado pela NASA um workshop, autorizado pelo Congresso dos EUA, que marcou o início da busca de civilizações remotas pela agência espacial, afirma um artigo do site Universe Today.

O enfoque atual da agência espacial americana, diferentemente do programa de Busca por Inteligência Extraterrestre (SETI, na sigla em inglês) passado, é identificar as chamadas "tecnosignature", ou seja, os sinais que poderiam ser inferidos como evidência de uma civilização avançada.

"O exemplo mais óbvio pode ser as ondas de rádio, embora alguns especialistas descartem até isso", ressalta o autor do artigo, Evan Gough, "uma vez que o Universo está repleto de ondas de rádio produzidas por fontes naturais".

Água-viva-juba-de-leão (Cyanea capillata) nas águas da ilha de Lindoya em Oslo, 4 de agosto de 2017 (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Criatura marinha 'alienígena' é flagrada em praia na Nova Zelândia (FOTO)
O programa da SETI, o qual esperava que as civilizações alienígenas enviassem à Terra algum sinal, foi considerado ultrapassado por especialistas. Diferente do antigo, o novo projeto buscará interceptar indícios não intencionais capazes de fornecer provas da existência de uma civilização tecnológica.

No workshop foi debatido o tema sobre detecção de grandes cidades em outros planetas através de suas emissões de calor ou satélites artificiais que podem orbitar em torno desses planetas.

Devido à alta dificuldade de detecção da existência de vida, que exige uma busca avançada, os participantes tiveram a intenção com o referido seminário de determinar métodos mais promissores de pesquisa e impulsionar investimentos.

Outro motivo para a reunião foi para tentar entender como a agência espacial continua sua investigação com apoio de sócios privados e também de organizações filantrópicas, sendo o SETI um exemplo de tal simbiose.

Atualmente, a NASA voltou a buscar civilizações com base no alto conhecimento adquirido com a ajuda do telescópio Kepler e missões.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала