Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Premiê da Polônia elogia a decisão da UE em abandonar realocação forçada de migrantes

© AP Photo / Alik KepliczBandeira nacional polonesa sobre a Praça Zamkowy.
Bandeira nacional polonesa sobre a Praça Zamkowy. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A cúpula informal da UE confirmou que o bloco abandonou o esquema de realocação obrigatória de migrantes, uma decisão considerada "muito positiva" pelo primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki nesta quinta-feira.

Os participantes da atual cúpula da UE na cidade austríaca de Salzburgo confirmaram que a migração secundária na União Europeia apresentava riscos para o espaço Schengen e conclamaram os países-membros da UE a tomarem medidas destinadas a impedir que os migrantes se movam pelo bloco.

"As decisões são muito positivas para a Polônia. Eles dizem que a recepção de qualquer refugiado será voluntária. A Polônia não será forçada a participar de qualquer esquema de recepção de refugiados", disse Morawiecki.

Menina síria deslocada passeia pelo campo de refugiados na região da planície de Damasco. - Sputnik Brasil
UE dá ultimato de 24 horas para Hungria, Polônia e República Tcheca aceitarem refugiados
O primeiro-ministro apontou que a decisão foi tomada por iniciativa da Polônia e outros três estados do Grupo Visegrad: República Tcheca, Hungria e Eslováquia.

Os estados de Visegrad condenaram o esquema de relocação de migrantes e recusaram-se a aceitar migrantes e refugiados, que chegaram a outros estados membros da UE.

A União Europeia tem experimentado uma crise de migração em larga escala desde 2015, devido ao afluxo de milhares de migrantes e refugiados que fogem de crises no Oriente Médio e Norte da África. Recentemente, o Conselho Europeu concordou em vários aspectos da política de migração do bloco, incluindo o estabelecimento de "plataformas regionais de desembarque em estreita cooperação com países terceiros" e centros controlados nos estados membros da UE para processar solicitações de refúgio. O reassentamento ou realocação de migrantes em todo o bloco deve ser feito voluntariamente em meio à falta de consenso.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала