Novo submarino russo com propulsão diesel-elétrica foi lançado à água em São Petersburgo

© AP PhotoO submarino nuclear russo Kursk, que afundou no Mar de Barents em 12 de Agosto de 2000
O submarino nuclear russo Kursk, que afundou no Mar de Barents em 12 de Agosto de 2000 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O submarino diesel-elétrico Kronstadt, do projeto 677 Lada, foi lançado à água durante a respectiva cerimônia no Estaleiro Admiralty, que é um dos estaleiros mais antigos da Rússia, localizado em São Petersburgo.

A construção do navio, com assentamento da quilha em 2005, passou por alguns momentos difíceis, como atrasos durante a construção e dificuldades financeiras. Entretanto, esses atrasos permitiram usar a experiência adquirida com a exploração experimental do submarino anterior da classe, o Sankt Peterburg, que está em fase final na Frota do Norte, segundo o diretor do Estaleiro Admiralty, Alexander Buzakov.

Superfície do oceano congelada no Ártico - Sputnik Brasil
Rússia vai criar submarino nuclear para explorar subsolo do Ártico
O diretor da Corporação Unida de Construção Naval, Viktor Chirkov, afirma que o novo submarino poderá ser apelidado de "Invisível", pois ninguém poderá vê-lo e ouvi-lo, enfatizando que "[…] o novo submarino proporcionará a possibilidade de seguir e executar as ordens do presidente sobre a construção da nova frota de submarinos da Rússia".

O submarino Kronstadt mede 66,8 m de comprimento e 7,1 m de boca, possuindo uma autonomia de 45 dias e uma tripulação de 35 efetivos, além de imergir até 300 m com uma velocidade de 21 nós debaixo d'água.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала