Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Sério desafio para humanidade': é indicada doença infecciosa mais perigosa do mundo

© AP Photo / Rajesh Kumar SinghTuberculoso segurando medicamentos no hospital Lal Bahadur Shastri, na cidade indiana de Varanasi, 13 de março de 2018
Tuberculoso segurando medicamentos no hospital Lal Bahadur Shastri, na cidade indiana de Varanasi, 13 de março de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Organização Mundial de Saúde (OMS) qualificou a tuberculose como sendo a doença infecciosa mais perigosa do mundo, ressaltando em relatório que medidas urgentes devem ser aplicadas para contê-la.

Apesar dos esforços globais para prevenir a proliferação da doença, apenas em 2017 10 milhões de pessoas foram infectadas com tuberculose, causando a morte de 1,6 milhão, segundo a organização.

Pílulas associadas ao suicídio - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Dia Mundial de Prevenção do Suicídio: 'falar sobre o assunto ajuda a combatê-lo'
Ao mesmo tempo, a OMS lembrou que, graças às medidas conjuntas da comunidade internacional, desde 2000 foi possível impedir a morte de 54 milhões de pessoas infectadas, enquanto o número de novos casos de contaminação diminui 2% por ano.

Porém, constata, essa doença continua sendo a mais perigosa, superando até a síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

De acordo com avaliações da OMS, países com baixa e média renda não contam neste ano com apenas 3,5 bilhões de dólares para prevenção e tratamento da tuberculose, acrescentando que o montante pode dobrar até 2022 caso medidas necessárias não sejam postas em prática.

Mulher idosa britânica - Sputnik Brasil
Acredite ou não, sinal de morte prematura está desenhado no seu rosto
Outro problema é que mais e mais pessoas estão se mostrando resistentes aos medicamentos utilizados no tratamento, em particular ao antibiótico bactericida rifampicina.

Especialistas da organização também avisaram que um em cada quatro habitantes da Terra é potencial portador da infecção.

Cientista russo e diretor do Instituto Nacional de Pesquisa especializado na saúde e medicina, David Melik-Guseinov, compartilha as preocupações da OMS.

Segundo o pesquisador, a tuberculose é uma doença que frequentemente não pode ser curada com medicamentos, pois as bactérias que a provocam se adaptam aos antibióticos.

"O fato de um em cada quatro habitantes do planeta poder ser infectado com esta doença a torna ainda mais perigosa do que a AIDS e do que o câncer, em se tratando de propagação massiva. É um sério desafio para a humanidade no século XXI", comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada por várias microbactérias, podendo atingir quase todos os tecidos do corpo, especialmente os pulmões.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала