Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA não vão cooperar com a Rússia em Idlib, diz Pentágono

© AP Photo / Hussein MallaSoldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018
Soldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os EUA estão prontos para apresentar seu próprio plano para efetivamente acabar com o terrorismo na Síria e não vão cooperar com a Rússia sobre o assunto, disse o Pentágono em um comunicado.

De acordo com o general Joseph Dunford, ele não falou com seu colega russo, general Valery Gerasimov, desde que a crise em Idlib começou e que ele não pretende se comunicar com ele ainda.

O exército sírio durante um combate no bairro de Salamiya da província de Hama (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Terroristas lançam ataque contra assentamento sírio e matam ao menos 9 civis
O porta-voz do Pentágono também informou que, segundo estimativas, cerca de 20 a 30 mil terroristas entraram em Idlib para "esconder-se entre centenas de milhares de pessoas" que fugiram da violência em outras áreas da Síria.

A província de Idlib é a última fortaleza remanescente da insurgência no país. O presidente sírio, Bashar Assad, já havia enfatizado que a libertação da província estava entre as prioridades para as operações militares sírias.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала