Manobras russas mostrarão ao Ocidente seu lugar na competição com Rússia, segundo mídia

© Foto / Russian Defense MinistryLançamento de mísseis Bulava
Lançamento de mísseis Bulava - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ocidente irá simplesmente observar como "foi ultrapassado em tecnologia militar" durante o decorrer das manobras russas Vostok 2018, reporta a Contra Magazin.

Nos últimos anos, o presidente russo Vladimir Putin investiu principalmente na tecnologia de mísseis: "Tecnologias que ultrapassaram todos os análogos ocidentais", observa o autor do artigo, Hans-Juergen Klose.

Quebra-gelo de nova geração Ilya Muromets - Sputnik Brasil
Ministro da Defesa russo afirma que há ameaça de conflitos no Ártico
Klose enfatiza que "perante a política agressiva dos EUA e a criação de um sistema global de defesa antimíssil ao longo da fronteira russa, Putin responde com manobras muito longe do Ocidente, para não assustar ninguém".

Segundo a publicação, os sistemas de mísseis Bulava, Sineva, Sarmat e RS-26 Rubezh superam tudo o que os Estados Unidos têm em terra e no mar: o lançamento de apenas um RS-26 com suas 10 ogivas nucleares controladas individualmente convencerá o Ocidente de que, no setor militar, ele está em segundo lugar.

Previamente, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, informou que nas manobras, que ocorrerão entre 11 e 15 de setembro, participarão cerca de 300 mil militares, 36 mil veículos de combate e mais de mil aeronaves, sendo as manobras de maior envergadura desde os exercícios Zapad 81.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала