Assassinos de Zakharchenko devem ser encontrados e punidos, diz Putin

© Sputnik / Aleksei Nikolsky / Abrir o banco de imagensColetiva de imprensa anual de Vladimir Putin, 14 de dezembro de 2017
Coletiva de imprensa anual de Vladimir Putin, 14 de dezembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em declaração nesta sexta-feira (31) logo após a confirmação do assassinato de Alexandr Zakharchenko, líder da República Popular de Donetsk, o presidente russo, Vladimir Putin, exigiu punição aos assassinos.

Putin também declarou apoio aos residentes da região de Donbass, afirmando que a Rússia sempre estará ao lado deles.

O presidente russo acredita que o ataque terrorista que vitimou o líder Zakharchenko seja um a tentativa de desestabilizar a situação no leste ucraniano e colocar os residentes de Donbass de joelhos.

Soldados da milícia popular de Donetsk - Sputnik Brasil
República Popular de Donetsk: suspeitos de assassinar Zakharchenko foram detidos
Na declaração, o líder russo também expressou suas condolências a Alexandr Zakharchenko.

"Quero expressar minhas condolências […] aos parentes e amigos de Alexandr Vladimirovich Zakharchenko e todas as pessoas de Donbass. A Rússia estará sempre com vocês", afirmou Putin.

Alexandr Zakharchenko era o líder da República Popular de Donetsk desde novembro de 2014 e foi morto nesta sexta-feira (31) por um atentado a bomba em um restaurante no centro da cidade de Donetsk.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала