EUA perderam para Rússia no plano militar, diz chanceler sírio

© Sputnik / Dmitry Vinogradov / Abrir o banco de imagensResidentes de Latakia participam da manifestação para agradecer a Rússia pela ajuda na luta contra terroristas, Síria, novembro de 2015
Residentes de Latakia participam da manifestação para agradecer a Rússia pela ajuda na luta contra terroristas, Síria, novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Síria, Walid Muallem, se reuniu com o chanceler russo, Sergei Lavrov, nesta quinta-feira (30) e discutiu a atual situação da crise síria.

De acordo com o chefe da política externa da Síria, o Estados Unidos perderam militarmente na Síria e agora estão tentando compensar suas falhas, usando a questão dos refugiados e a discussão em torno do processo político.

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov - Sputnik Brasil
Ocidente deve evitar provocações na Síria, diz Lavrov
"Podemos dizer que os americanos perderam militarmente na Síria, apesar dos esforços que eles aplicaram neste sentido, e agora eles querem tomar um momento para obter dividendos através de processos políticos e impedindo o regresso dos refugiados às suas casas", disse Muallem.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, por sua vez, afirmou que Moscou está preocupada pela possível desintegração da Síria diante das ações dos EUA na margem esquerda do rio Eufrates.

"Nossos parceiros dos EUA estão modernizando a margem leste do Eufrates, reconstruindo a infra-estrutura local, redes sociais e econômicas e até formando quase-instituições públicas", disse Lavrov em entrevista coletiva, destacando que tais ações "são preocupantes, pois poderiam provocar tentativas de dividir a Síria".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала