Poroshenko declara que Rússia já 'está intervindo' nas eleições ucranianas

© Sputnik / Serviço de imprensa do presidente da Ucrânia / Abrir o banco de imagensPresidente ucraniano Pyotr Poroshenko durante entrevista para a agência Bloomberg em Davos, Suiça, 17 de janeiro de 2017
Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko durante entrevista para a agência Bloomberg em Davos, Suiça, 17 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, declarou que a Rússia já está intervindo ativamente nas próximas eleições do país através das redes sociais, comunicou a assessoria de imprensa da administração do presidente.

"As principais empresas de TI já estão registrando a criação de milhares de páginas fictícias de raízes russas. A Rússia está se preparando para uma nova e forte campanha de manipulação — notícias falsas, minando a estabilidade", disse ele no decorrer de uma reunião dos chefes das missões diplomáticas ucranianas no exterior.

Para ele, a Rússia já treinou bem ao intervir no referendo na Holanda sobre a ratificação do Acordo sobre a associação da Ucrânia com a União Europeia, bem como no referendo sobre o Brexit.

A sede da Assembleia Geral da ONU, no bairro de Manhattan, em Nova York - Sputnik Brasil
Ucrânia promete 'surpresas desagradáveis' à Rússia na Assembleia Geral da ONU
A Rússia, por sua vez, tem desmentido repetidamente tais acusações, tendo o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, chamado-as de "absolutamente sem fundamento". Comentando essas acusações, o chefe da chancelaria russa, Sergei Lavrov, declarou que não há fatos nenhuns que as confirmem.

O assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, também disse que o presidente russo lhe assegurou que a Rússia não interveio nas eleições nos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала