Irã tomará 'medidas' se países violarem a lei no estreito de Ormuz

© AFP 2022 / EBRAHIM NOROOZI / JAMEJAM ONLINEOs navios iranianos fazem parte nas manobras no estreito de Ormuz (Uma foto de arquivo)
Os navios iranianos fazem parte nas manobras no estreito de Ormuz (Uma foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na terça-feira (28), o conselheiro da Arábia Saudita para a Energia disse que se o Irã fechar o estreito de Ormuz o Conselho de Segurança da ONU provavelmente autorizará uma ação militar.

"Graças à Marinha da Guarda Revolucionária, os países hostis estão preocupados diante do cruzamento do estreito de Ormuz", disse à IRNA o comandante do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, general-major Mohammad Bagheri na quarta-feira (29).

Além disso, o oficial observou que no ano passado os países obedeceram às leis internacionais, mas se eles descumprirem as leis, eles podem vir a encarar confronto e medidas restritivas.

Submarinos iranianos do tipo Ghadir no golfo Pérsico, Irã - Sputnik Brasil
Se Irã fechar estreito de Ormuz, ONU poderá autorizar ação militar, diz assessor saudita
"Eles seguiram as leis internacionais no ano passado, mas se violarem as leis, eles vão encarar confronto e nossas medidas de controle", acrescentou.

Anteriormente, o Irã ameaçou bloquear o estreito de Ormuz, cortando a principal rota de transporte de petróleo, em resposta a qualquer ação hostil dos EUA.

No início de maio, Trump anunciou a saída de Washington do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na signa em inglês), prometendo restabelecer sanções anti-iranianas, incluindo aquelas que impedem outros países de fazer negócios com a República Islâmica.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала