Trump e Merkel fazem apelo por prevenção da crise humanitária na cidade síria de Idlib

© AP Photo / Evan VucciDonald Trump, presidente dos Estados Unidos, recebe a chanceler alemã, Angela Merkel, na Casa Branca
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, recebe a chanceler alemã, Angela Merkel, na Casa Branca - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, e a chanceler alemã, Angela Merkel, pediram esforços internacionais para evitar a crise humanitária na província síria de Idlib, no noroeste do país. A informação foi divulgada pela Casa Branca nesta segunda-feira (27).

"O presidente conversou com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, nesta manhã para discutir uma série de questões de interesse mútuo, incluindo a resolução de crises na Síria. Ambos os líderes pediram ações internacionais para evitar a crise humanitária na província de Idlib", diz o comunicado.

As pessoas andam em uma área atingida por ataques aéreos no bairro rebelde de Douma sitiada de Damasco, na Síria. (Arquivo) - Sputnik Brasil
Macron: França está pronta para atacar Síria se armas químicas forem usadas
Anteriormente, o presidente sírio, Bashar Assad, estimou que a província de Idlib era o lar de "dezenas de milhares de terroristas", destacando que a província está entre as áreas de maior prioridade para as operações militares sírias.

Monitores militares russos em serviço na Síria registraram no último sábado a ocorrência de 12 violações do cessar-fogo na zona de desescalada de Idlib.

Desde 2011, a Síria se encontra em um estado de profunda guerra civil, com as forças leais a Damasco tendo que combater, com a ajuda de seus aliados, inúmeros grupos armados de oposição, incluindo organizações terroristas como o Daesh e a Frente al-Nusra, ambas proibidas na Rússia e em uma série de países. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала