Por que alguns buracos negros supermassivos 'se movem'?

Nos siga noTelegram
Para realizar esta investigação, os especialistas analisaram um grande número de imagens de alta resolução da galáxia M87 e seu núcleo.

Dois pesquisadores da Universidade de La Laguna, em Tenerife, descobriram que a alteração de posição de um buraco negro supermassivo no núcleo da galáxia M87 não se deve a um deslocamento do mesmo, mas à mudança do centro de produção de luz, de acordo com seu estudo publicado no jornal Monthly Notices of the Royal Astronomical Society (MNRAS).

OSIRIS-REx retira uma amostra - Sputnik Brasil
NASA tira FOTOS de asteroide antigo que pode ter trazido vida à Terra
A autora da pesquisa, Elena López Navas, apresentou evidências que sugerem que o buraco negro supermassivo está em posição de equilíbrio e que os deslocamentos anteriormente observados foram causados pela mudança do fotocentro (ou centro de produção de luz) que, por sua vez, ocorreu devido às explosões que vêm de seu jato (um fluxo de matéria expulso pelo buraco negro à velocidade próxima à da luz), relata o Phys.org.

Para realizar esta pesquisa, os especialistas analisaram um grande número de imagens de alta resolução da galáxia M87, tiradas em momentos diferentes ao longo de 20 anos.

Segundo a análise das imagens, os maiores casos de deslocamento do buraco negro supermassivo coincidem com uma forte explosão ocorrida entre 2003 e 2007. Então, as observações mostram que os deslocamentos foram artificialmente causados pela variação do fluxo na galáxia.

Segundo a pesquisadora, após essa explosão ter ocorrido, "o fotocentro e o núcleo retornaram à mesma posição, por isso deduzimos que o núcleo e o buraco negro estão sempre no mesmo lugar, o que coincide com o potencial mínimo no centro da galáxia".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала