Antiga cidade com pirâmide e vestígios de sacrifícios humanos é achada na China (FOTOS)

© AP Photo / Amr NabilCrânios e ossos recentemente descobertos são vistos em uma oficina de mumificação que remonta a cerca de 2.500 anos em uma antiga necrópole perto das famosas pirâmides do Egito no cemitério de Saqqara, Giza, 14 de julho de 2018
Crânios e ossos recentemente descobertos são vistos em uma oficina de mumificação que remonta a cerca de 2.500 anos em uma antiga necrópole perto das famosas pirâmides do Egito no cemitério de Saqqara, Giza, 14 de julho de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Arqueólogos descobriram na China uma cidade de 4.300 anos, que possui uma pirâmide de 70 metros de altura e 24 hectares de base, além de vestígios de sacrifícios humanos, relata o portal Live Science. O lugar agora é conhecido pelo nome de Shimao, mas não está claro como foi chamado nos tempos antigos.

O estudo fala sobre uma grande pirâmide, que durante cinco séculos foi o centro da vida na cidade. A estrutura consiste de 11 degraus e é decorada com símbolos dos olhos e rostos de humanos e de animais, que poderiam "dar à construção um poder religioso especial", sugerem os pesquisadores.

Pirâmide maciça, cidade perdida e sacrifícios humanos antigos são desenterrados na China

No topo da pirâmide havia palácios e um grande tanque de água. Acredita-se que os governantes da cidade residiam no local, enquanto a produção de artesanato era realizada em torno do complexo.

Seis poços com cabeças humanas

Sarcófago negro, encontrado em Alexandria - Sputnik Brasil
Cientistas determinam quem foi enterrado no sarcófago negro do Egito (FOTOS)
Em Shimao também foram encontrados restos de numerosos sacrifícios humanos. Assim, na entrada de uma parede exterior foram encontrados "seis poços com cabeças humanas decapitadas" que podem ter pertencido a moradores de uma cidade vizinha, tomados como prisioneiros.

Os pesquisadores já sabiam sobre Shimao há muito tempo, mas acreditava-se anteriormente que era apenas parte da Grande Muralha da China e nenhuma escavação extensiva havia sido realizada. Agora, o trabalho recente estabeleceu que a cidade é muito maior que o muro lendário. O estudo completo foi publicado pela revista Antiquit

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала