Vocalista do Aerosmith demanda que Trump pare de usar suas músicas

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensAerosmith durante show em Moscou.
Aerosmith durante show em Moscou. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, enviou uma carta nesta quinta-feira (23) com uma ordem ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ele afirmou que Trump deve parar de usar suas músicas ou poderá sofrer sanções judiciais.

Na terça-feira, Trump utilizou a música "Livin' on the Edge" em um evento seu em West Virginia, afirma a CBS News.

Presidente dos EUA, Donald Trump, faz comentários no início da cúpula da OTAN em sua nova sede em Bruxelas, na Bélgica - Sputnik Brasil
Trump diz que mercado entraria em colapso em caso de impeachment dele
A carta argumenta que ao tocar uma música do Aerosmith é criada "a falsa impressão de que Tyler está endossando a presidência de Trump".

"Isso não sobre democratas contra republicanos, eu não deixo ninguém usar minhas músicas sem minha permissão. Minha música é para causas e não para campanhas políticas ou eventos partidários. Proteger os direitos autoriais e os autores de músicas é algo que eu defendo desde antes dessa atual administração tomar posse", escreveu Tyler em seu Twitter.

O vocalista do Aerosmith não é o único músico que proíbe Donald Trump de usar suas músicas. Adele, os Rolling Stones e Neil Young também pediram que o presidente republicano não use suas músicas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала