Rússia elabora foguete portador Rokot-2 com novo sistema de guiamento

Nos siga noTelegram
O Centro de Tecnologia Espacial Khrunichev está desenvolvendo um novo foguete portador ligeiro, o Rokot-2, informou a agência espacial da Rússia, Roscosmos.

"O Centro de Tecnologia Espacial Khrunichev está criando uma modificação desse portador [Rokot] — o foguete Rokot 2 — com um novo sistema de guiamento", indicam matérias divulgadas pela agência.

Funcionários da empresa russa Energomash junto a motores de foguete RD-180, preparados para ser transportados para os EUA, Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Dependência de motores de foguete russos preocupa NASA
Atualmente, os foguetes portadores Rokot usam o sistema de guiamento de produção ucraniana.

Rokot é um foguete portador de três estágios de classe ligeira, projetado com base no míssil balístico intercontinental UR-100 UTTCh (RS-18B). O primeiro lançamento foi realizado em novembro de 1990. O foguete permite lançar em órbita circular de 200 quilômetros de altitude até 2150 quilos de carga útil. O peso de decolagem é de 107,5 toneladas. O foguete tem um comprimento de 29,15 metros e um diâmetro máximo de 2,5 metros. O sistema de guiamento foi elaborado pela empresa Electropribor, de Carcóvia.

As primeiras declarações sobre o início dos trabalhos do Rokot-2 no Centro Khrunichev surgiram em março do ano corrente, no quadro da política de substituição de importações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала