Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Estátua satânica é instalada em protesto por liberdade religiosa nos EUA

© AP Photo / Hannah GrabensteinEstátua de Baphomet instalada em frente ao Capitólio de Arkansas na quinta-feira (16), durante manifestação por liberdade religiosa.
Estátua de Baphomet instalada em frente ao Capitólio de Arkansas na quinta-feira (16), durante manifestação por liberdade religiosa. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Templo Satânico colocou temporariamente uma estátua de bronze de Baphomet no Capitólio do estado de Arkansas, nos Estados Unidos, durante uma manifestação que pedia a retirada de um monumento em homenagem aos Dez Mandamentos que existe naquele local. O evento ocorreu na quinta-feira (16).

O protesto reuniu 150 pessoas, ateus e cristãos, em defesa da primeira emenda da Constituição, que garante a liberdade de religião. O Templo Satânico diz que o monumento dos Dez Mandamentos viola a emenda e que a instalação de sua estátua de Bahomet demonstraria tolerância religiosa.

"Se você vai erguer um monumento religioso, então deve estar aberto a outros, e se você não concorda com isso, então não tenhamos nenhum", disse a cofundadora do Templo Satânico em Arkansas, Ivy Forrester.

A estátua de Baphomet não pode ser instalada por causa de uma lei de 2017 que exige patrocínio legislativo para consideração de qualquer monumento. O grupo satanista a retirou do local no final do dia.

Sarcófago (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Egito pretende abrir misterioso sarcófago assustando internautas com iminente 'apocalipse'
O monumento aos Dez Mandamentos no Capitólio do Arkansas foi patrocinado pelo senador republicano Jason Rapert e instalado discretamente em 2017. Menos de meia hora depois, um homem jogou seu carro contra ela e o destruiu. O mesmo homem destruiu um monumento aos Dez Mandamentos do lado de fora do Capitólio estadual de Oklahoma.

O Templo Satânico encerrou sua campanha para instalar a estátua de Baphomet naquele estado depois que a Suprema Corte de Oklahoma determinou que o monumento aos Dez Mandamentos era inconstitucional e determinou que ele fosse retirado.

Rapert disse em comunicado na internet que respeita os direitos dos manifestantes garantidos na Primeira Emenda, mas também os chamou de "extremistas" e disse que "congelará no inferno antes que uma estátua ofensiva nos seja imposta de forma permanente no terreno do Capitólio Estadual do Arkansas".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала