Trump: adversários dos EUA já iniciaram militarização do espaço

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensPresidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, apelou para o desenvolvimento da Forças Espacial do país, utilizando como pretexto o fato de "os adversários já terem iniciado a militarização do espaço".

"Para manter a supremacia militar dos EUA, deveremos estar na linha da frente. Por isso reafirmamos com orgulho o legado dos EUA no que se refere à liderança no espaço. Nossos adversários já iniciaram a militarização do espaço", assinalou Trump durante seu pronunciamento na base aérea no estado de Nova York. 

Vista aérea do prédio pentagonal de cinco lados, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, em Arlington, Virgínia. - Sputnik Brasil
EUA enviarão forças espaciais para Europa e região do Indo-Pacífico
De acordo com o líder norte-americano, estes países "avançaram muito" nesta direção, mas prometeu que os EUA recuperarão este atraso e "muito rápido os pegarão".

De acordo com o orçamento de defesa para 2019 dos EUA, que começará a ser cumprido em outubro de 2018, em breve a Agência de Defesa contra Mísseis dos EUA deverá começar os trabalhos para o posicionamento de sistemas de detecção e intercepção de mísseis balísticos no espaço.

De acordo com o documento, o desenvolvimento e implementação de uma "arquitetura espacial sensorial estável" devem ser completados até 31 de dezembro de 2022, enquanto os meios de intercepção podem ser posicionados posteriormente.

Recentemente, a administração dos EUA deu luz verde para a criação da Força Espacial, prevista como um ramo separado das forças armadas. Contudo, o plano orçamental para 2019 não refletiu essas mudanças.

Novo navio de guerra dos EUA, USS Little Rock, chegando ao porto de Buffalo (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Novo orçamento de defesa dos EUA oculta estratégia bem pensada, diz analista
Prevê-se que os recursos para a criação da Força Espacial sejam incluídos no orçamento para 2020. Entretanto, vários especialistas, inclusive vários ex-funcionários de alto escalão do Pentágono, já expressaram dúvidas quanto à iniciativa de Trump, já que de fato, ao longo de muitos anos as forças espaciais dos EUA operam como parte da Força Aérea e do Comando Estratégico do país. 

Atualmente, os tratados internacionais somente proíbem posicionar no espaço armas de destruição em massa. Contudo, por enquanto ainda nenhum país que possui acesso às tecnologias espaciais posicionou armas no espaço. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала