Presidente romeno manda investigar brutalidade policial em protesto com 400 feridos

© REUTERS / Octav GaneaPolícia usa um canhão de água contra milhares de romenos em um protesto contra o governo na capital Bucareste, 10 de agosto de 2018.
Polícia usa um canhão de água contra milhares de romenos em um protesto contra o governo na capital Bucareste, 10 de agosto de 2018. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Romênia, Klaus Iohannis, exigiu que o procurador-geral do país, Augustin Lazar, investigue as ações da polícia no protesto contra o governo realizado ontem em Bucareste, informou a assessoria presidencial. Cerca de 400 pessoas ficaram feridas.

"O presidente romeno Klaus Iohannis exigiu que o procurador-geral da Romênia, Augustin Lazar, investigasse a situação e determinasse que métodos a polícia usou para restaurar a ordem pública no protesto que ocorreu na Praça da Vitória em Bucareste na sexta-feira", declarou a assessoria de imprensa presidencial.

Thousands of people are protesting against the government in front of the Victoria Palace in Romania’s capital Bucharest over the recently approved amendments to the criminal code on amnesties for prisoners, local media report. - Sputnik Brasil
Romênia tem os maiores protestos em massa desde a queda do comunismo
Iohannis salientou que a identidade e o grau de culpabilidade daqueles que participaram da agitação devem ser reveladas.

No começo do dia, a Gendarmaria disse que mais de 30 pessoas foram detidas no protesto de sexta-feira, que foi marcado por surtos de violência. A polícia usou amplamente gás lacrimogêneo e canhões de água. 

De acordo com a mídia local, o gás lacrimogêneo foi usado de forma aleatória, atingindo tanto manifestantes pacíficos como os violentos. O presidente romeno já denunciou as ações da polícia, chamando-as de "muito duras".

Mais de 400 pessoas ficaram feridas no protesto, 70 foram hospitalizadas, incluindo 11 policiais.

Os manifestantes pediram a dissolução do Parlamento, uma eleição antecipada e o estabelecimento de um parlamento unicameral com 300 senadores.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала