Israel ataca 'esquadrão de terroristas' que lançavam balões incendiários de Gaza

© AP Photo / Baz RatnerUm tanque do exército israelense dispara em direção à Faixa de Gaza (Arquivo)
Um tanque do exército israelense dispara em direção à Faixa de Gaza (Arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com as Forças de Defesa de Israel, a greve foi uma resposta ao ataque de um esquadrão terrorista que estava lançando balões incendiários do norte da Faixa de Gaza para o território israelense.

O ataque ocorreu em meio à violenta escalada entre a Faixa de Gaza e Israel, resultando na troca de fogo.

Ataque israelense contra a cidade de Gaza, em julho de 2014 - Sputnik Brasil
Israel bombardeia alvos palestinos na Faixa de Gaza
A situação na Faixa de Gaza mais uma vez se deteriorou drasticamente. O Hamas bombardeou intensamente Israel em resposta ao suposto assassinato de dois combatentes palestinos por israelenses.

De acordo com os militares, cerca de 180 mísseis e morteiros foram disparados do território durante a última rodada de escalada. O sistema de defesa aérea "Domo de Ferro" (Iron Dome no original) de Israel interceptou 30 deles, mas várias bombas explodiram em assentamentos de colonos israelenses. Sete pessoas ficaram feridas.

Israel vê o lançamento de balões incendiários em seus territórios como uma campanha terrorista palestina e responde com força militar e sanções econômicas.

O confronto entre palestinos e autoridades israelenses tem crescido por várias semanas, levando a conversas até quinta-feira que sugeriam que uma guerra em Gaza estava no horizonte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала