Unidades militares do Exército de Israel contarão com número recorde de mulheres

© REUTERS / Amir CohenSoldadas israelenses da Brigada de Busca e Resgate participam de uma sessão de treinamento na floresta de Ben Shemen, perto da cidade israelense de Modi'in, 23 de maio de 2016
Soldadas israelenses da Brigada de Busca e Resgate participam de uma sessão de treinamento na floresta de Ben Shemen, perto da cidade israelense de Modi'in, 23 de maio de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A vontade de servir em unidades de combate das Forças de Defesa de Israel (IDF) foi expressa por um número recorde de 1.000 mulheres recrutadas, em relação aos anos anteriores, de acordo com a estação de rádio do exército Galey IDF, que informou o resultado após o fim do novo alistamento.

Nota-se que há cinco anos, a quantidade total de voluntárias era duas vezes menor.

Também é relatado um aumento do número de garotas religiosas que desejam servir em unidades de combate.

Além de israelenses nativas, jovens imigrantes de diferentes países da Europa, América Latina e África juntaram-se às IDF. Entre as mulheres que servirão nas Forças de Defesa de Israel estão um total de 312 recrutas da Ucrânia, 285 da Rússia, 248 dos EUA e 167 da França.

Uma mulher do exército norueguês durante exercícios no norte do país, 11 de agosto de 2016 - Sputnik Brasil
Que vantagens têm soldadas perante colegas homens?
Algumas delas estão alistadas no Corpo de Engenheiros, assim como repatriadas que servirão na brigada de paraquedismo, nos corpos de blindados e artilharia, nos batalhões de salvamento e na defesa antiaérea.

No verão de 2018, a quantidade de representantes religiosos da juventude israelense aumentou. Um total de 4 mil pessoas do setor ultraortodoxo servirão ao exército ou ao serviço alternativo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала