Coronel israelense que matou jovem palestino é promovido a comandante de brigada

© AP Photo / Majdi MohammedSoldados israelenses em posto de controle perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia, 10 de junho de 2016
Soldados israelenses em posto de controle perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia, 10 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O militar israelense que matou um adolescente palestino por atirar uma pedra em seu carro em 2015 está sendo promovido a comandante de uma das principais brigadas de infantaria das Forças de Defesa de Israel (IDF).

A promoção do coronel Yisrael Shomer a comandante da Brigada Nahal foi confirmada pelas IDF como parte de uma série de mudanças de pessoal, informa o Haaretz.

Shomer foi filmado matando a tiros Muhammad Ali-Kosba, de 17 anos, depois que ele atirou uma pedra no veículo do militar perto da povoação de Al-Ram, na Cisjordânia, no dia 3 de julho de 2015.

As imagens do assassinato foram compartilhadas online pelo grupo de direitos humanos israelense B'Tselem, que condenou o tiroteio como ilegal e enviou as imagens para a Unidade de Investigações da Polícia Militar.

Uma investigação criminal subsequente concluiu que Shomer havia agido de acordo com os procedimentos para prender um suspeito, o que, segundo a Polícia Militar, incluiu disparar um tiro de advertência no ar seguido de duas balas apontadas para as pernas do adolescente.

Soldados das Forças de Defesa de Israel (IDF) em Hebron - Sputnik Brasil
Após bombardeio contra palestinos, soldado israelense é morto na Faixa de Gaza
Posteriormente, foi concluído que o tiro falhou por ter sido disparado enquanto Shomer estava em movimento e atingiu o torso de Ali-Kosba.

No entanto, uma investigação do grupo B'Tselem afirma que o corpo de Kosba tinha três ferimentos de bala, um no rosto e dois nas costas, além de argumentar que a conduta de Shomer foi culposa, pois ele não levou Ali-Kosba ao hospital.

Em 2016, o promotor militar principal das IDF decidiu que o tiroteio havia sido justificado e nenhuma acusação foi feita contra Shomer. Esta decisão foi apelada no ano passado pelo pai do jovem assassinado.

O coronel comandará a Brigada Nahal, uma das principais brigadas de infantaria das IDF.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала