Senador dos EUA: 'Trump está de mãos atadas' nas relações com Rússia

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensSessão plenária da Duma de Estado da Rússia (foto de arquivo)
Sessão plenária da Duma de Estado da Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, está de mãos atadas e não pode defender uma maior cooperação entre Moscou e Washington, declarou o senador norte-americano Rand Paul, em reunião com deputados da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) na capital russa.

"As mãos de Trump estão atadas às costas, ele não pode defender uma maior cooperação entre os nossos países, porque tudo isso irá parecer com: 'Ah, você ama a Rússia'", disse Paul.

Forças dos EUA patrulhando nos arredores da cidade síria de Manbij, província de Aleppo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Mídia explica que EUA podem enfrentar 'cenário de pesadelo' na Síria
"Sou a favor da relação, não estou aqui para justificar meu comportamento ou o de qualquer outra pessoa. Se formos dialogar, provavelmente haverá menos problemas entre nós", acrescentou o senador.

Parlamentares russos se reúnem na segunda-feira (6) em Moscou com uma delegação de senadores dos EUA que, além de Paul, inclui também Don Huffines, membro do Senado da Assembleia Legislativa do Texas, e o presidente do Instituto Cato, Peter Gettler.

Esta é a segunda reunião desse nível em Moscou em um mês: um pequeno grupo de congressistas e senadores norte-americanos visitou a Rússia entre o final de junho e início de julho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала