- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Viúva de Marielle relata ameaças e pede proteção a órgão internacional

© Foto / Dayane Pires/Divulgação/ Câmara Municipal do Rio de JaneiroMarielle Franco, vereadora pelo PSOL, assassinada na noite do dia 14 de março
Marielle Franco, vereadora pelo PSOL, assassinada na noite do dia 14 de março - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A viúva da vereadora Marielle Franco (PSOL), Mônica Benício, afirmou que vem sendo vítima de ameaças e pediu proteção à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão vinculado à Organização dos Estados Americanos (OEA).

A informação foi publicada pelo jornal O Globo neste sábado (4).

Homem desvia de militares na Rocinha. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Força contra força não basta: é hora de fazer trabalho de Inteligência no Rio?
Mônica afirmou que já foi seguida por um carro e que ouviu uma ameaça direta de um homem:

"Eu passei por um homem que me disse, aceita que ela morreu e cuidado porque tá falando demais, a próxima pode ser você", disse a arquiteta de 32 anos. "Eu entrei com esse pedido com a OEA depois de ter apresentado o caso da Marielle com eles, tendo a intenção de internacionalizar o caso, onde tinha sido instruída pela própria direção que deveria procurar uma medida de segurança porque eles me entendiam em risco. A minha questão hoje é: o caso da Marielle não será mais um caso inviabilizado."

A vereadora do PSOL e seu motorista, Anderson Gomes, foram assassinados em 14 de março deste ano. A principal linha de investigação das autoridades é a atuação de grupos milicianos. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала