Igreja Católica da Pensilvânia, nos EUA, divulga lista com 71 acusados de pedofilia

CC0 / Pixabay / Anjo
Anjo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Diocese Católica Romana de Harrisburg, na Pensilvânia, divulgou os nomes de 71 membros do clero e seminaristas acusados ​​de abusar sexualmente de crianças desde os anos 40. A medida acontece antes das conclusões do júri sobre abusos do clero da Igreja no estado, segundo uma reportagem da Reuters.

A lista traz apenas os acusados de má conduta sexual com pessoas menores de idade, mas não fornece nenhum comentário sobre se as alegações são verdadeiras. Casos em que uma investigação comprovou que a pessoa acusada não era culpada não foram divulgados. Alguns dos mencionados já estão mortas.

Nesta foto de arquivo clicada em Washington em setembro de 2015, o Papa Francisco abraça o Cardeal Arcebispo emérito Theodore McCarrick após a Oração do Divino. - Sputnik Brasil
Papa aceita renúncia de cardeal dos EUA após denúncias de abuso sexual de menores
Há um total de 71 pessoas listadas, 37 das quais sacerdotes.

"Eu expresso nossa profunda tristeza e peço desculpas aos sobreviventes de abuso sexual infantil, aos fiéis católicos e ao público em geral pelos abusos que ocorreram e por aqueles oficiais da igreja que falharam em proteger as crianças", disse o bispo Ronald Gainer, da Diocese de Harrisburg em um comunicado.

Cada indivíduo incluído na lista será "removido de qualquer posição de honra", de acordo com a declaração. Além disso, os nomes de todos os bispos que lideraram a diocese nos últimos 70 anos serão removidos dos edifícios em reconhecimento ao fracasso do clero em agir sobre o assunto, informou a diocese.

A decisão da diocese antecede a divulgação de um relatório provisório do Grande Júri sobre acusações sexuais em seis dioceses da Pensilvânia, incluindo Harrisburg, informou a Reuters.

O anúncio da Diocese é o mais recente desdobramento de um escândalo que atormentou a Igreja Católica Romana desde que chegou às manchetes em 2002, após uma reportagem premiada do Boston Globe sobre a propagação do abuso sexual na arquidiocese local. A reportagem mostrava como a Igreja agia ativamente para esconder as acusações. A história foi adaptada para o cinema no filme ganhador do Oscar, "Spotlight: Segredos Revelados".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала