Turquia protesta contra sanções dos EUA aplicadas aos seus ministros

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensBandeira turca sobre a embaixada da Turquia em Moscou, Rússia, abril de 2016
Bandeira turca sobre a embaixada da Turquia em Moscou, Rússia, abril de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Turquia fez um forte protesto contra a decisão dos Estados Unidos de impor sanções a ministros turcos, informou nesta quarta-feira o Ministério das Relações Exteriores do país.

No início do dia, a Casa Branca anunciou que o Departamento do Tesouro dos EUA aprovou sanções contra os ministros da Justiça e do Interior da Turquia por seus papéis na prisão e detenção do pastor Andrew Brunson.

O presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na chegada entrada da Ala Oeste da Casa Branca, em Washington, EUA, em 16 de maio de 2017. - Sputnik Brasil
Turquia considera 'inaceitável' o 'uso de linguagem ameaçadora' pelos EUA

"Nós protestamos decisivamente contra a decisão do Departamento do Tesouro dos EUA de impor sanções ao nosso país […] Nós pedimos à liderança dos EUA que reverta essa decisão equivocada", informou o ministério em um comunicado.

A pasta também alertou que as sanções poderiam prejudicar gravemente as relações bilaterais, que seguem recheadas de tensão há meses.

Já o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, garantiu que Ancara vai dar uma resposta adequada às sanções dos EUA aos ministros turcos.

"Os Estados Unidos imporem sanções contra dois de nossos ministros não ficará sem resposta", escreveu Cavusoglu no Twitter.

"Não seremos capazes de resolver nossos problemas, a menos que a administração americana perceba que suas tentativas de impor suas exigências ilegais por meio de tais métodos são fúteis", acrescentou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала