Justiça peruana nega pedido do ex-presidente Kuczynski de deixar o país

© REUTERS / Charles PlatiauEl presidente de Perú, Pedro Pablo Kuczynski
El presidente de Perú, Pedro Pablo Kuczynski - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A justiça peruana informou que negou o pedido do ex-presidente da República, Pedro Pablo Kuczynski (2016-2018), de deixar o país para ser tratado nos Estados Unidos por motivos de saúde.

"Poder Judiciário declara pedido inadmissível de Pedro Pablo Kuczynski para deixar o país e frequentar uma clínica nos Estados Unidos", informou o Poder Judiciário na rede social Twitter.

Ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, apresenta detalhes do Plano Nacional de Segurança - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Alexandre de Moraes propõe coletar DNA dos cidadãos para combater crime
Kuczynski fez o pedido ao Terceiro Juiz Nacional de Investigação Preparatória do Sistema Anticorrupção, porque ele alegou que precisava de um check-up cardiovascular em uma clínica no estado de Minnesota, no centro dos Estados Unidos.

A justiça, no entanto, negou a ordem acrescentando risco de fuga.

Desde 24 de março, Kuczynski foi impedido de deixar o território peruano por um período de 18 meses, estando sob investigação do Ministério Público por alegados pagamentos ilícitos recebidos da empresa brasileira Odebrecht.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала