Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo lança campanha de vacinação contra poliomelite e sarampo

© Sputnik / Igor ZaremboVacinação contra sarampo, poliomielite, tétano e outras doenças
Vacinação contra sarampo, poliomielite, tétano e outras doenças - Sputnik Brasil
Nos siga no
A nova Campanha de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo começa na próxima segunda-feira, 6 de agosto, informou o ministério da Saúde nesta terça-feira. Crianças de um ano e menores de cinco devem se vacinar, independente da situação vacinal.

Segundo o órgão,  No total, 11,2 milhões de crianças devem ser vacinadas. O dia D de mobilização nacional será sábado, 18 de agosto, quando os mais de 36 mil postos estarão abertos no país. 

Médico prepara injeção (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Sarampo está de volta: Brasil tem 822 casos confirmados
O governo pretende vacinar pelo menos 95% das crianças na tentativa de impedir o retorno dessas doenças já erradicadas no Brasil. 

A Xuxa é o rosto e "madrinha" da campanha deste ano.

O ministro da saúde, Gilberto Occhi, destacou a importância da campanha e cobrou responsabilidade da população. 

“Não é uma responsabilidade exclusiva do Ministério da Saúde, nem das secretarias, dos profissionais ou dos médicos. Às vezes enfrentamos uma situação como essa, que nos traz um alerta, porque temos uma falsa impressão de que a doença foi eliminada do país. Mas é a cobertura vacinal elevada que faz a doença desaparecer. E é por isso que devemos continuar vacinando nossos filhos, para manter essas doenças longe do Brasil”, disse Occhi, segundo o site do ministério da Saúde.

Segundo o site, todos os estados do país já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Nos estados que registraram surtos de sarampo, a vacinação foi antecipada como medida de bloqueio para interromper a circulação do vírus. 

O Ministério da Saúde oferece todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) pelo SUS.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала