Parlamentares britânicos acusam empresário milionário de esconder contatos com Rússia

© REUTERS / Stefan WermuthBandeira do Reino Unido perto do parlamento britânico, em Londres, em abril de 2017
Bandeira do Reino Unido perto do parlamento britânico, em Londres, em abril de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Comitê de Tecnologias Digitais, Cultura, Mídia e Esportes do Parlamento do Reino Unido assegurou que o empresário inglês e principal doador do Brexit, Arron Banks, tentou esconder seus contatos com os diplomatas russos.

"Segundo os e-mails que analisamos, é óbvio que Arron Banks se encontrou várias vezes com autoridades russas, incluindo o embaixador Alexander Yakovenko, entre 2015 e 2017", informou o órgão em um relatório.

Matteo Salvini, líder do partido ultranacionalista italiano Lega Nord - Sputnik Brasil
Brexit deve dar exemplo da vitória das pessoas sobre a União Europeia, diz Salvini
Nessas reuniões, dizem os parlamentares, o empresário abordou seus planos de negócios, incluindo os relacionados à empresa Alrosa, o maior produtor mundial de diamantes, e a compra de minas de ouro, além de entregar "documentos confidenciais" à autoridades russas.

"Aparentemente, Banks queria esconder seus contatos com a Rússia", concluem os legisladores sem apresentar maiores detalhes.

Os deputados admitiram que não sabem se o empresário se beneficiou de alguma forma em função dessas reuniões.

"Não está claro se Banks obteve algum benefício das reuniões organizadas por autoridades russas", disseram eles.

O empresário doou cerca de 10 milhões de libras declaradas à causa do Brexit, que reconheceu a imigração como preocupação prioritária e explorou a questão na campanha do referendo.

Banks, por sua vez, acusou o comitê de gerar "falsas notícias", espalhando testemunhos de testemunhas "fantasiosas", cuja credibilidade não se sustenta.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала