Aliança do Pacífico criará zona de livre comércio, diz presidente chileno

© AP Photo / Jacquelyn MartinSebastián Piñera, candidato a la presidencia y exmandatario (2010-2014) chileno
Sebastián Piñera, candidato a la presidencia y exmandatario (2010-2014) chileno - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Aliança do Pacífico, que inclui Chile, Colômbia, México e Peru, decidiu criar uma zona de livre comércio, informou o presidente chileno, Sebastián Piñera, na terça-feira (24), como parte da XIII Cúpula do grupo, que ocorre na cidade mexicana de Puerto Vallarta.

Os líderes concordaram que o grupo "vai começar uma nova etapa porque, apesar de todos os eventos, o mundo mudou muito nos últimos sete anos, e a Aliança também deve mudar, por isso vamos começar a criação de uma área de Livre comércio, livre de tarifas entre os quatro países ", disse Piñera em uma conferência de imprensa no Centro Internacional de Convenções de Puerto Vallarta.

Presidentes do Mercosul e de países convidados posam para a foto oficial em Brasília - Sputnik Brasil
Cabo de guerra: quais os impasses e vantagens de um acordo entre Mercosul e UE?
Os presidentes Juan Manuel Santos, da Colômbia, Martín Vizcarra, do Peru, Enrique Peña Nieto, do México, e Piñera, do Chile, concordaram em "fortalecer a institucionalidade e a governança da Aliança", disse o presidente chileno porta-voz do grupo.

Além disso, os países também se comprometeram a "fortalecer as relações com 55 países observadores, e com o Canadá, a Nova Zelândia, a Austrália e Cingapura como estados associados, seguindo com a Coréia do Sul e o Equador", disse ele.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала