Polônia decide acelerar processo de compra de sistema de mísseis dos EUA

© AP Photo / Alik KepliczExército polonês e norte-americano em exercícios "Anaconda" da OTAN na Polônia, em 6 de junho de 2016 (foto de arquivo)
Exército polonês e norte-americano em exercícios Anaconda da OTAN na Polônia, em 6 de junho de 2016 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa Nacional polonês decidiu acelerar o processo de aquisição de sistema de mísseis de longo alcance dos Estados Unidos, informou o Exército polonês.

Anteriormente, foi relatado que a corporação da indústria de defesa dos EUA Lockheed Martin foi escolhida pela parte polonesa para prosseguir as negociações sobre a implementação do programa do sistema de mísseis Homar. Até agora, as negociações sobre o fornecimento de lançadores foram realizadas com um consórcio liderado pelo Grupo de Armamentos da Polônia.

"A decisão do ministro da Defesa, Mariusz Blaszczak, com a finalidade de acelerar o fornecimento de divisões de módulos de combate dos lançadores de sistemas de mísseis Homar, o Ministério da Defesa decidiu interromper o processo, que continua de acordo com o procedimento adotado em 2015, e iniciar imediatamente negociações com o governo dos EUA", disse.

Um tanque soviético T-72 que participou de uma das fases do Rembat 2017 em Omsk - Sputnik Brasil
Polônia reincorpora tanques soviéticos T-72 no exército
"Mudar a fórmula e acelerar o programa Homar garantirá a entrega oportuna dos equipamentos e assegurará as capacidades de combate das forças de mísseis e artilharia nessa área", acredita o militar polonês.

Nesta semana, o Ministério da Defesa informou que uma sua delegação, liderada pelo vice-ministro Sebastian Khvalk, responsável pela modernização técnica do Exército polonês, viajará aos Estados Unidos para iniciar negociações sobre a implementação do programa Homar.

A razão para abandonar o método anterior para obtenção de lançadores foram, em particular, as expectativas financeiras de potenciais contratantes, inclusive estrangeiros, que excediam os fundos que o Ministério da Defesa alocou para esse propósito no momento em que o programa foi lançado, no início de 2015.

Durante as negociações, não foi possível chegar a acordo sobre todos os termos do contrato, bem como o cumprimento dos requisitos para proteger os interesses fundamentais do Estado.

No âmbito do programa Homar, à Polônia será entregue um sistema de mísseis capaz de atingir alvos a uma distância de até 300 quilômetros.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала