- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Prenda-me se for capaz: 8 megatraficantes que quase escaparam

Nos siga noTelegram
O brasileiro Frederik Barbieri, de 46 anos, foi condenado nesta quinta-feira (19) por tráfico internacional de armas pela Justiça dos Estados Unidos. Ele ficou conhecido como o maior traficante de armas do Brasil quando um carregamento seu com 60 fuzis foi apreendido no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, em junho de 2017.

O traficante foi condenado a 12 anos e oito meses  de prisão pela Justiça dos EUA nesta quinta-feira (19) por tráfico de armas.

Morador da Flórida, ele foi detido em sua casa em fevereiro de 2018 e declarou-se culpado para conseguir uma redução na pena.

Gustavo Perrella em audiência no Senado sobre o Estatuto do Torcedor, em 2016 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Gustavo Perrella, deputado estadual ligado a helicóptero com cocaína, vira diretor da CBF
A polícia estadunidense encontrou em sua casa 52 rifles, dezenas de carregadores e 2.000 cartuchos de munição.

A pena máxima que o juiz Federico Moreno, de um tribunal federal da Miami, na Flórida, poderia aplicar a Barbieri seria de 25 anos.

Além da pena, a Justiça dos EUA aplicou um confisco de US$ 9,6 milhões contra o traficante.

© ReproduçãoO traficante brasileiro de armas, Frederik Barbieri.
O traficante brasileiro de armas, Frederik Barbieri. - Sputnik Brasil
1/10
O traficante brasileiro de armas, Frederik Barbieri.
© Fotos Públicas/Carlos MagnoOs 60 fuzis de Barbieri apreendidos pela polícia carioca no Galeão, em 2017.
Os 60 fuzis de Barbieri apreendidos pela polícia carioca no Galeão, em 2017. - Sputnik Brasil
2/10
Os 60 fuzis de Barbieri apreendidos pela polícia carioca no Galeão, em 2017.
© AP Photo / Sem autor identificadoO colombiano Pablo Escobar já figurou na lista de bilionários da revista Forbes com uma fortuna de US$ 3 bilhões.
O colombiano Pablo Escobar já figurou na lista de bilionários da revista Forbes com uma fortuna de US$ 3 bilhões. - Sputnik Brasil
3/10
O colombiano Pablo Escobar já figurou na lista de bilionários da revista Forbes com uma fortuna de US$ 3 bilhões.
© AP Photo / Apichart Weerawong O russo Viktor Bout alimentou com sua rede de tráfico de armas conflitos na África e no Oriente Médio. Ele foi detido na Tailândia em 2008 e atualmente cumpre pena nos Estados Unidos. Sua história inspirou o filme "O Senhor das Armas", de 2005.
O russo Viktor Bout alimentou com sua rede de tráfico de armas conflitos na África e no Oriente Médio. Ele foi detido na Tailândia em 2008 e atualmente cumpre pena nos Estados Unidos. Sua história inspirou o filme O Senhor das Armas, de 2005. - Sputnik Brasil
4/10
O russo Viktor Bout alimentou com sua rede de tráfico de armas conflitos na África e no Oriente Médio. Ele foi detido na Tailândia em 2008 e atualmente cumpre pena nos Estados Unidos. Sua história inspirou o filme "O Senhor das Armas", de 2005.
© AP PhotoConhecido como o "Rei do Ópio", o birmanês Khun Sa dominou o tráfico no sudeste asiático por 3 décadas. Ele chegou a ter um exército separatista em Mianmar, financiado pelo tráfico.
Conhecido como o Rei do Ópio, o birmanês Khun Sa dominou o tráfico no sudeste asiático por 3 décadas. Ele chegou a ter um exército separatista em Mianmar, financiado pelo tráfico. - Sputnik Brasil
5/10
Conhecido como o "Rei do Ópio", o birmanês Khun Sa dominou o tráfico no sudeste asiático por 3 décadas. Ele chegou a ter um exército separatista em Mianmar, financiado pelo tráfico.
© AP Photo / Scott DaltonUm dos líderes da facção Comando Vermelho, Fernandinho Beira Mar atuava com o tráfico de armas e drogas antes de ser preso na Colômbia, em 2001. Está detido deste então.
Um dos líderes da facção Comando Vermelho, Fernandinho Beira Mar atuava com o tráfico de armas e drogas antes de ser preso na Colômbia, em 2001. Está detido deste então. - Sputnik Brasil
6/10
Um dos líderes da facção Comando Vermelho, Fernandinho Beira Mar atuava com o tráfico de armas e drogas antes de ser preso na Colômbia, em 2001. Está detido deste então.
© AP Photo / Roger RichardsMiguel Rodriguez Orejuela liderou o Cartel de Cali. Para lavar os lucros milionários, tinha uma rede de farmácia e dois bancos. Ele foi detido em 1995 e extraditado aos Estados Unidos em 2005 - onde cumpre pena desde então.
Miguel Rodriguez Orejuela liderou o Cartel de Cali. Para lavar os lucros milionários, tinha uma rede de farmácia e dois bancos. Ele foi detido em 1995 e extraditado aos Estados Unidos em 2005 - onde cumpre pena desde então. - Sputnik Brasil
7/10
Miguel Rodriguez Orejuela liderou o Cartel de Cali. Para lavar os lucros milionários, tinha uma rede de farmácia e dois bancos. Ele foi detido em 1995 e extraditado aos Estados Unidos em 2005 - onde cumpre pena desde então.
© AP Photo / Richard DrewO chinês Zhenli Ye Gon era conhecido por ter uma empresa farmacêutica no México. Até uma batida em sua casa encontrar US$ 207 milhões e as autoridades mexicanas o acusarem de envolvimento no tráfico de metanfetamina. Após o escândalo, o banco HSBC pagou uma multa de US$ 1,9 bilhão por seu envolvimento na lavagem de dinheiro para narcotraficantes mexicanos. Zhenli Ye Gon foi preso nos EUA e extraditado para o México em 2016. Ele está detido desde então.
O chinês Zhenli Ye Gon era conhecido por ter uma empresa farmacêutica no México. Até uma batida em sua casa encontrar US$ 207 milhões e as autoridades mexicanas o acusarem de envolvimento no tráfico de metanfetamina. Após o escândalo, o banco HSBC pagou uma multa de US$ 1,9 bilhão por seu envolvimento na lavagem de dinheiro para narcotraficantes mexicanos. Zhenli Ye Gon foi preso nos EUA e extraditado para o México em 2016. Ele está detido desde então. - Sputnik Brasil
8/10
O chinês Zhenli Ye Gon era conhecido por ter uma empresa farmacêutica no México. Até uma batida em sua casa encontrar US$ 207 milhões e as autoridades mexicanas o acusarem de envolvimento no tráfico de metanfetamina. Após o escândalo, o banco HSBC pagou uma multa de US$ 1,9 bilhão por seu envolvimento na lavagem de dinheiro para narcotraficantes mexicanos. Zhenli Ye Gon foi preso nos EUA e extraditado para o México em 2016. Ele está detido desde então.
© Departamento de Justiça dos EUAParte dos US$ 207 milhões apreendidos na casa de Zhenli Ye Gon.
Parte dos US$ 207 milhões apreendidos na casa de Zhenli Ye Gon. - Sputnik Brasil
9/10
Parte dos US$ 207 milhões apreendidos na casa de Zhenli Ye Gon.
© REUTERS / Henry RomeroJoaquín Guzmán, "El Chapo", ao ser capturado em 2014. Ele era um dos líderes do Cartel de Sinaloa, no México.
Joaquín Guzmán, El Chapo, ao ser capturado em 2014. Ele era um dos líderes do Cartel de Sinaloa, no México. - Sputnik Brasil
10/10
Joaquín Guzmán, "El Chapo", ao ser capturado em 2014. Ele era um dos líderes do Cartel de Sinaloa, no México.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала