Devido a erros de cálculos, novo submarino espanhol S-80 Plus não cabe na doca

Nos siga noTelegram
O novo submarino espanhol, cuja construção é feita pela empresa Navantia e foi encomendada pelo Ministério da Defesa, enfrentou o sério problema de não caber na doca, informa o jornal El País.

Primeiramente no projeto, que começou a ser desenvolvido em 2005, foram feitos erros nos cálculos. Com 71 metros de comprimento e deslocamento de 2.200 toneladas, o S-80 poderia não emergir após a submersão 

Novo submarino S-80 Plus da Marinha espanhola não cabe na doca da base naval de Cartagena

O Ministério da Defesa espanhol contratou em 2013, por 14 milhões de euros (quase 63 milhões de reais), a empresa americana Electric Boat, que emitiu a conclusão que era necessário aumentar o comprimento do submarino em dez metros, o que aumentou o deslocamento à superfície para 3.200 toneladas. O modelo revisado foi chamado de S-80 Plus.

Submarino nuclear K-162 (também conhecido como K-222) durante testes - Sputnik Brasil
Como insuperável submarino soviético ajudou Rússia a avançar na construção naval?
No entanto, agora com novas dimensões, ele não pode se acomodar nas docas da base naval de Cartagena, que são projetadas para um comprimento máximo de 78 metros.

Agora, o maior problema para o Ministério da Defesa é conseguir dinheiro para expandir as docas. A reestruturação custará 16 milhões de euros (aproximadamente 71 milhões de reais).

O custo inicial do projeto para a construção de quatro submarinos foi estimado em 2,1 bilhões de euros (9,4 bilhões de reais), mas com todas as alterações o novo custo é estimado em 3,9 bilhões de euros (17,4 bilhões de reais). 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала