Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Trump afirma não ter grandes esperanças em relação a seu encontro com Putin

© REUTERS / Mike TheilerPresidente dos EUA, Donald Trump, falando com jornalistas
Presidente dos EUA, Donald Trump, falando com jornalistas - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que não tem grandes esperanças quanto à futura cúpula com seu homólogo russo, Vladimir Putin, mas está pronto para um resultado "espantoso".

"Não estou indo para lá com grandes esperanças, mas podemos terminá-la [a cúpula] com coisas muito admiráveis. As relações são muito importantes, as relações com a Rússia e outros países… Muito importantes", disse o mandatário estadunidense durante uma coletiva após as negociações com a premiê britânica Theresa May.

O Presidente da Federação da Rússia Vladimir Putin e seu homólogo dos EUA Donald Trump - Sputnik Brasil
Encontro entre Putin e Trump deve ser a maior preocupação do mundo ocidental?
Ele também sublinhou que prefere primeiro falar com o líder russo e depois falar sobre isso com os jornalistas e não se antecipar.

Entretanto, o presidente dos EUA sublinhou que tanto ele como Putin queriam que esta reunião acontecesse.

"Nós ambos queríamos esse encontro", asseguro ele, falando com jornalistas.

Além disso, Trump afirmou nesta sexta-feira (13) que ele tem sido "mais duro em relação à Rússia que qualquer outro", relembrando que 60 agentes de inteligência da embaixada russa em Washington tinham sido expulsos do país na sequência do escândalo relacionado com o envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, em Londres.

Ainda de acordo com ele, desenvolver as relações com Putin seria "bom para a Rússia e bom para todos". Entre os temas a serem discutidos, o presidente enumerou a situação na Síria, na Ucrânia e no Oriente Médio, bem como as questões de não proliferação nuclear.

"Seria um avanço inédito se conseguíssemos resolver alguma coisa em relação à não proliferação nuclear", sublinhou.

Os presidentes russo e estadunidense planejam se encontrar em 16 de julho em Helsinque. O Kremlin informou, por sua vez, que os dois políticos planejam discutir as perspectivas de desenvolvimento das relações bilaterais e questões atuais da agenda internacional.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала