Calor extremo expõe rastros de civilização antiga no Reino Unido (FOTOS)

Nos siga noTelegram
O calor extremo que tem sido registrado no Reino Unido nas últimas semanas trouxe boas notícias para arqueólogos britânicos que descobriram círculos estranhos no meio de campos secos no País de Gales, informou o portal Earther.

Segundo os arqueólogos da Comissão Real de Monumentos Antigos e Históricos de Gales (RCAHMW, na sigla em inglês), que fotografaram as marcas por cima, estes círculos assim como outras figuras geométricas surgidas na área, são rastros de antigas construções que remontam à Idade do Ferro (800 a.C. — 50 d.C.), onde um dia existiam fortalezas e assentamentos, escreve o portal. 

Durante a Idade do Ferro, as construções no País de Gales estavam rodeadas por valas que serviam de linha de proteção contra potenciais invasores. Com o tempo, esses assentamentos foram abandonados e invadidos pelos romanos que acabaram com a Idade do Ferro na região. Posteriormente, novas camadas de terra foram se acumulando, tornando as áreas nas quais as construções foram instaladas mais férteis e capazes de reter água.

Quando a seca severa drenou a água de outros terrenos, estas partes mais férteis mantiveram a cor verde, mostrando o contorno das antigas construções.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала