Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Novíssimo torpedo russo teria 'consequências desastrosas' em caso de uso, alerta mídia

© Sputnik / Grigory Sysoev / Abrir o banco de imagensImagem do novo drone submarino russo mostrada durante a mensagem anual de Vladimir Putin à Assembleia Federal Rússia
Imagem do novo drone submarino russo mostrada durante a mensagem anual de Vladimir Putin à Assembleia Federal Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga no
Analistas estrangeiros avaliaram as capacidades do mais avançado torpedo nuclear russo Status-6 (conhecido também como Poseidon). De acordo com ele, em caso de seu uso, as consequências mais graves ocorreriam no litoral oriental dos EUA e na região do sul da Noruega.

De acordo com a edição on-line norueguesa Side3, uma explosão subaquática do torpedo nuclear causaria um tsunami de até 500 metros de altura.

Submarino nuclear K-162 (também conhecido como K-222) durante testes - Sputnik Brasil
Como insuperável submarino soviético ajudou Rússia a avançar na construção naval?
"Se imaginarmos um torpedo lançado da parte externa do Fiorde de Oslo, ele inundaria a maior parte de tudo o que vive no condado de Ostfold e Vestfold, em seguida o tsunami arrastaria tudo de lá e do litoral do Fiorde de Oslo ao litoral da Noruega do sul", escreveram os especialistas.

"Somente as partes de Olso localizadas mais acima poderiam evitar serem destruídas, contudo, a onda radioativa tornaria vastos territórios da Noruega do Sul impróprios para a vida de muitas gerações seguintes", adicionou a edição.

Para portar o torpedo, testado em 2016 segundo a mídia, a Rússia pode optar pelo cruzador submarino Khabarovsk.

O Khabarovk possui um casco similar ao dos novíssimos submarinos estratégicos nucleares da classe Borei, mas de um comprimento menor. O cruzador é capaz de transportar seis drones Status-6 em tubos de torpedos especiais com diâmetro de 1,6 metros, detalhou a edição.

Os analistas acreditam que os testes posteriores do torpedo terão lugar no mar de Barents, perto da fronteira da Noruega.

Submarino russo Georgy Pobedonosets no mar (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Rússia desenvolverá submarino robótico para condições árticas
Em março de 2016, os representantes da Corporação Unida de Construção Naval da Rússia confirmaram o desenvolvimento de um robô submarino não tripulado, suficientemente grande para levar seus próprios torpedos, e o desenvolvimento de submarinos nucleares para este tipo de robôs, o que confirma que o Status-6 está relacionado com o conceito de submarino nuclear de 5ª geração, cujas armas principais serão aparelhos de combate não tripulados.

Entretanto, a Rússia declarou por várias vezes que o Status-6 não representa uma ameaça para nenhum país e que o único interesse da Rússia é proteger seu povo e suas fronteiras de ameaças externas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала