Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Novichok envenenou duas pessoas no Reino Unido, diz polícia britânica

© AP Photo / Steve ParsonsÁrea interditada pela polícia na cidade inglesa de Salisbury, condado de Wiltshire, onde o ex-espião russo Sergei Skripal foi encontrado com sintomas de envenenamento
Área interditada pela polícia na cidade inglesa de Salisbury, condado de Wiltshire, onde o ex-espião russo Sergei Skripal foi encontrado com sintomas de envenenamento - Sputnik Brasil
Nos siga no
Duas pessoas estão internadas em estado grave na cidade de Amesbury porque foram expostas ao agente químico Novichok, afirmou nesta quarta-feira (4) a polícia britânica.

As vítimas são os britânicos Dawn Sturgess, de 44 anos, e Charlie Rowley, de 45 anos. Eles foram encontrados inconscientes em Muggleton Road, em Amesbury, na noite de sábado e inicialmente se acreditava que eles estavam sob o efeito de drogas contaminadas. A teoria, contudo, foi descartada.

O chefe da divisão antiterrorismo do Reino Unido, Neil Basu, afirmou que não informações que indiquem que casal foi deliberadamente atacado. Ele não soube informar como o Novichok foi transmitido. Mais de 100 pessoas já participam da investigação do caso, afirmou.

Imagem do ex-espião russo Sergei Skripal em 9 de agosto de 2006, quando falava com o seu advogado atrás das grades fora de um tribunal de Moscou - Sputnik Brasil
Alemanha ainda não viu 'nenhuma evidência' do envolvimento russo no caso Skripal
Amesbury está localizada a cerca de 6 quilômetros ao norte da famosa instalação de pesquisa de armas químicas Porton Down, que é um pouco mais próxima que a cidade de Salisbury, onde o ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha Yulia foram encontrados envenenados há cerca de quatro meses.

"Após a análise detalhada dessas amostras, podemos confirmar que o homem e a mulher foram expostos ao agente nervoso Novichok, que foi identificado como o mesmo agente nervoso que contaminou Yulia e Sergei Skripal", disse Basu em comunicado.

"Não estamos em condições de dizer se o agente nervoso foi do mesmo lote a que os Skripals foram expostos. A possibilidade de que essas duas investigações possam estar ligadas é claramente uma linha de pesquisa para nós", acrescentou.

O Reino Unido acusa a Rússia de ser responsável pelo envenenamento da família Skripal. Moscou, contudo, nega qualquer participação no evento. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала