Senador americano apela a considerar Rússia como superpotência

© AP Photo / Pavel GolovkinMilitares do Batalhão da Guarda de Honra entram na Praça Vermelha com a bandeira nacional da Federação da Rússia e o estandarte da vitória, 9 de maio de 2018
Militares do Batalhão da Guarda de Honra entram na Praça Vermelha com a bandeira nacional da Federação da Rússia e o estandarte da vitória, 9 de maio de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Washington deve tratar Moscou como uma superpotência e um concorrente, mas não como adbersário, declarou o senador norte-americano, Richard Shelby, após conversações de uma delegação de membros do Congresso com o chanceler russo, Sergei Lavrov.

Ele notou que agora as relações entre Moscou e Washington não são simples, mas podem melhorar por causa dos "interesses comuns por todo o mundo".

Caça russo Su-35 se apresentando no Dia da Força Aérea na cidade russa de Lipetsk - Sputnik Brasil
Mídia norte-americana: caça russo Su-35 tem 'um grande problema'
"Espero que possamos continuar a trabalhar nessa direção. Sim, poderíamos ser concorrentes, somos concorrentes, mas não é necessário que sejamos adversários", assinalou.

Shelby também qualificou o encontro com o ministro das Relações Exteriores da Rússia como "bom". "Discutimos muitas questões sérias, em especial nos focando na futura reunião entre os presidentes Trump e Putin", acrescentou.

Respondendo à pergunta sobre as esperanças na cúpula em Helsinque, o senador disse: "Vamos ver como tudo vai se passar". "Eles [Putin e Trump] terão um encontro. Acho que ambos esperam um dia melhor", frisou.

Um grupo de congressistas norte-americanos chegou à Rússia em 30 de junho e já teve vários encontros oficiais em São Petersburgo. Para terça-feira (3), além das conversações com Lavrov, estão planejadas reuniões no Conselho da Federação e na Duma de Estado (câmaras do parlamento russo).

A visita da delegação coincide com os preparativos de Moscou e Washington para a primeira reunião abrangente dos presidentes russo, Vladimir Putin, e norte-americano, Donald Trump. Mais cedo, o assessor de Segurança Nacional norte-americano, John Bolton, esteve com visita na capital russa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала