BMW alerta Trump: Aumento de tarifas pode colocar milhares de trabalhos em risco

CC0 / / BMW
BMW - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A fabricante alemã de automóveis BMW ofereceu seu ponto de vista sobre o atual impasse comercial transatlântico em que os Estados Unidos e a União Europeia parecem à beira de uma guerra comercial.

Em uma carta obtida pela agência AFP na segunda-feira, a BMW disse ao secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, que os impostos adicionais sobre carros teriam conseqüências de longo alcance em investimentos e empregos no país.

Концерн BMW представил новое поколение седана 3-й серии - Sputnik Brasil
Auf Wiedersehen, BMW: Trump quer 'banir' carros alemães dos EUA
A empresa disse que acrescenta US $ 15,77 bilhões à economia dos EUA, empregando mais de 120 mil pessoas direta e indiretamente e lembrou que a abertura dos EUA ao comércio encorajou a abertura de 10.000 postos de trabalho na Carolina do Sul. A fábrica adiciona US $ 6,3 bilhões à economia dos EUA por ano.

Trump ordenou ao Departamento de Comércio dos EUA que lance uma investigação sobre tarifas de carros importados, de acordo com a Seção 232 da Lei de Expansão do Comércio. A lei dá ao presidente dos EUA o poder de restringir as importações de bens, citando preocupações com a segurança nacional.

O presidente também ameaçou impor uma tarifa de 20% sobre as importações de automóveis europeus se a UE não remover barreiras comerciais. A ameaça provocou uma reação negativa do bloco, que já havia retaliado as tarifas dos EUA sobre as importações de aço e alumínio com impostos sobre produtos americanos, como jeans, bourbon e motocicletas Harley Davidson.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала