Departamento de Estado recomenda: Putin deve ser confrontado sobre ingerência nas eleições

© AP Photo / Evan VucciVladimir Putin e Donald Trump se reúnem pela primeira vez na cúpula do G20
Vladimir Putin e Donald Trump se reúnem pela primeira vez na cúpula do G20 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento de Estado dos Estados Unidos recomendou ao presidente dos EUA, Donald Trump, confrontar o seu colega russo, Vladimir Putin, sobre a interferência da Rússia nas eleições norte-americanas, no caso da cúpula entre os dois líderes se concretizar, informou o assessor do chefe da diplomacia de Washington, Wess Mitchell.

"A questão da interferência da russa está em primeiro plano de todas as discussões interministeriais sobre a Rússia. Esse é um aspecto central, no qual estamos muito focados. Portanto, tenho certeza que a nossa resposta é sim", disse o funcionário do governo no senado norte-americano, ao responder se uma recomendação referente ao tema será apresentada ao chefe de Estado.

Russian President Vladimir Putin and US President Donald Trump are seen here ahead of the group photo ceremony for the Asia-Pacific Economic Cooperation leader - Sputnik Brasil
Kremlin só vai confirmar reunião de Putin e Trump quando detalhes estiverem prontos
Mais cedo, o jornal Financial Times, citando uma fonte anônima do alto escalão do Kremlin, revelou que o presidente dos EUA, Donald Trump, deve se reunir com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, após a visita do líder norte-americano à Grã-Bretanha, a ser realizada no dia 13 de julho. 

Segundo a publicação, "as partes chegaram a um acordo preliminar de que, por questões de logística, a sede da reunião" não será a Áustria.

O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, não quis comentar a informação do jornal americano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала