Mulheres são autorizadas a dirigir na Arábia Saudita

© Sputnik / Sergey Guneev / Abrir o banco de imagensMohammad bin Salman Al Saud, príncipe herdeiro da Arábia Saudita
Mohammad bin Salman Al Saud, príncipe herdeiro da Arábia Saudita - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As mulheres da Arábia Saudita agora podem dirigir. O reino árabe revisou uma política de décadas neste domingo (24) e deixou de ser o único país do mundo que impede as mulheres de guiar um carro.

A mudança faz parte da agenda de reformas do príncipe Mohammed bin Salman e coincide com a repressão às ativistas que dirigiam mesmo que proibidas. 

Mulheres na capital Riad começaram a dirigir logo após a meia-noite, quando a nova legislação entrou em vigor. "Eu sempre soube que esse dia chegaria. Mas veio rápido. Repentino", disse a apresentadora e escritora Samar Almogren enquanto atravessava a capital. "Eu me sinto livre como um pássaro."

A apresentadora de televisão Sabika al-Dosari disse que o fim da proibição foi "um momento histórico para todas as mulheres sauditas" antes de dirigir um sedã através da fronteira com o reino de Bahrein.

Vista de Doha - capital do Qatar - Sputnik Brasil
Como construção do canal pela Arábia Saudita poderia afetar Qatar?
O levantamento da proibição, um símbolo gritante da repressão, deverá ser transformador para muitas mulheres, libertando-as da dependência de motoristas privados ou parentes do sexo masculino.

A euforia misturou-se com descrença quando as mulheres de todo o reino inundaram as mídias sociais com fotos e vídeos de seus passeios de carro novo, com uma forte presença policial nas principais cidades.

"Esta é uma grande conquista", disse o bilionário saudita príncipe Al-Waleed bin Talal, enquanto sua filha Reem dirigia um SUV com suas netas aplaudindo no banco de trás.

"Agora as mulheres têm liberdade", acrescentou em um vídeo postado no Twitter.

Cerca de três milhões de mulheres na Arábia Saudita podem receber licenças e começar a dirigir ativamente até 2020, segundo a consultoria PricewaterhouseCoopers.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente dos EUA, Donald Trump, conversam como o conselheiro sênior da Casa Branca, Jared Kushner (foto de arquivo). - Sputnik Brasil
Kushner fala com jornal palestino e promete 'trabalhar com o presidente Abbas'
O reino no começo deste mês começou a emitir suas primeiras carteiras de motorista para mulheres em décadas, com algumas trocando suas permissões estrangeiras por sauditas depois de um teste prático.

Um punhado de autoescolas surgiram em várias cidades, treinando mulheres para dirigir carros, bem como motocicletas Harley Davidson — cenas inimagináveis ​​até um ano atrás.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала