Polícia turca detém supostos membros do Daesh às vésperas das eleições

© AP PhotoPolícia turca
Polícia turca - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia turca deteve 14 supostos membros do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia, no Brasil e em muitos outros países) acusados de estarem preparando um ataque em Ancara antes das eleições de domingo, informou a agência de notícias estatal Anadolu, citada pela Reuters.

No próximo domingo, os turcos votam nas eleições presidenciais e parlamentares que desencadearão a mudança do país para um poderoso sistema presidencialista, de acordo com a reforma constitucional aprovada por referendo no ano passado.

"14 suspeitos ligados ao Daesh supostamente planejando ataque terrorista antes das eleições de domingo são presos na capital turca."

A eleição presidencial será disputada por seis candidatos, incluindo o atual presidente, Recep Tayyip Erdogan, que governa a Turquia desde 2003. Boa parte dos demais candidatos afirma que, em caso de vitória, pretende revogar as mudanças aprovadas pelo referendo de 2017.

Se ninguém alcançar mais da metade dos votos no pleito de domingo, um novo turno será realizado no dia 8 de julho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала