Ex-funcionário da CIA é suspeito de ser informante do WikiLeaks

© PixabayCrime cibernético de hackers
Crime cibernético de hackers - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-funcionário da CIA Joshua Schulte, de 29 anos, foi acusado de roubar informações secretas, roubo de propriedade governamental e mentir às autoridades.

Schulte é suspeito de ser o responsável pelo maior vazamento de informações de história da CIA, conhecido como Vault 7. Em 2017, o WikiLeaks publicou uma série de informações e detalhes das técnicas da agência dos EUA para hackear computadores ao redor do mundo.

Drone (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Quem vigia os vigilantes? Criminosos usam enxame de drones contra FBI
A promotoria afirma que o ex-funcionário vazou os arquivos para a "Organization-1", de modo que não estabeleceu diretamente a ligação com o WikiLeaks. 

O jornal Washington Post, entretanto, apontou que Schulte é o principal suspeito do Vault 7, que detalhou como a CIA conseguia ter acesso a iPhones e até mesmo televisões.

O ex-funcionário já havia sido flagrado com arquivos de pornografia infantil e está preso desde 24 de agosto de 2017 por este crime.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала