Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cientistas revelam como poucas bombas nucleares bastariam para devastar o planeta

CC BY 2.0 / _Gaspard_ / BombUma explosão nuclear (imagem artística)
Uma explosão nuclear (imagem artística) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um ataque nuclear de grande escala teria efeitos devastadores não só na zona de impacto mas também no próprio país agressor, adverte um novo estudo.

A investigação, a primeira deste tipo, indica que cerca de 100 armas nucleares poderiam colocar um país em perigo caso sejam usadas.

Uma explosão nuclear (imagem artística) - Sputnik Brasil
Há uma razão para não abdicar completamente das armas nucleares, segundo jornalista
O relatório, publicado na revista científica Safety, sustenta que, no melhor dos casos, um grande ataque poderia desencadear efeitos em todo o mundo. Seriam registrados milhões de mortos após uma explosão inicial e o posterior "outono nuclear" provocaria escassez de alimentos e fome em massa, comunica o diário Daily Mail.

Os EUA e Rússia contam com milhares de armas nucleares, mas a eles se juntam outros países, como o Reino Unido, França, China, Índia, Paquistão, Israel e Coreia do Norte (nove, ao todo). Os investigadores argumentam que o número global destas armas deveria ser reduzido para 900, ou seja, cerca de 100 por cada país.

"Com 100 armas nucleares, a dissuasão ainda é possível, mas se evita um possível retrocesso do "outono nuclear" que iria pôr fim ao povo do país agressor", afirma Joshua Pearce, professor da Universidade Tecnológica de Michigan e um dos autores do estudo.

Os investigadores fizeram uma simulação climática e de cultivos, junto com modelos de fumaça para avaliar o impacto que a explosão de 100 armas nucleares teria sobre o fornecimento de alimentos. Entretanto, advertem que poderia se registrar entre dez e 20 por cento de perda agrícola devido ao chamado "outono nuclear".

Isto poderia levar à escassez de alimentos nos países mais ricos e uma fome em massa nos mais pobres.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала